Drogas

O Que é LSD – Efeitos e Riscos!

Saiba o que é LSD

O LSD é considerado uma das substâncias químicas mais fortes que altera o humor. A substancia é obtida a partir do ácido lisérgico, que se encontra num fungo que se desenvolve no centeio e em outros grãos.

Como é produzido

É produzido na forma de cristal em laboratórios ilegais, principalmente nos Estados Unidos. Estes cristais são convertidos em líquido para a comercialização. É inodoro, incolor e tem um leve gosto amargo.

Conhecido como “ácido” e por muitos outros nomes, o LSD é vendido nas ruas em tabletes pequenos (“micropontos”), cápsulas ou quadrados de gelatina (“vidraça”). Algumas vezes é adicionado a papel absorvente que depois é dividido em pequenos quadrados decorados com desenhos ou personagens de desenhos animados (“Loony Toons”). Ocasionalmente é vendido em forma líquida. Mas seja qual for a forma, o LSD leva o usuário ao mesmo lugar: uma séria desconexão da realidade.

Efeitos

Os usuários de LSD chamam uma experiência com LSD de “viagem”, que tipicamente dura 12 horas ou algo assim. Quando algo dá errado, o que geralmente ocorre, isso é chamado de “má viagem”, outro nome para descrever o próprio inferno.

entre outros efeitos estão:

  • dilatação na pupila e dificuldade para se focar numa atividade
  • rubor facial, calafrios, arrepios e sensação de peso sobre o corpo
  • rápida alteração entre emoções (alegria, medo, ansiedade, raiva, felicidade, irritação)
  • leve aumento na temperatura e na frequência cardíaca
  • pensamentos fugazes, alteração na percepção do tempo
  • ansiedade, confusão, tontura, náusea, insônia e tensão muscular
  • temperatura corpórea instável, aumento na frequência respiratória
  • megalomania, super sensibilização a sons e músicas
  • paranoia, medo e pânico
  • mudanças indesejáveis na forma de ver a vida

LSD perante a lei

O LSD se encontra proibido na lista de substâncias sujeitas a controle especial da ANVISA no Brasil desde 1971, sendo proibidas a produção, posse e distribuição.

Artigo Escrito Por: Efeitos Colaterais

Leave a Reply